[ARTIGO] Impacte e expanda seu negócio jurídico!

 

Começar a advogar é uma tarefa muito difícil, sempre se fica em dúvida com relação a saber se começar sozinho, de maneira autônoma, ou se ser advogado em um escritório já estruturado, seria a melhor opção.

Superada a fase inicial, tendo seu próprio escritório, expandi-lo e fazê-lo “render” é o objetivo, aliás, de qualquer negócio. Expandir atividades para outros estados e outros municípios do país, além de ser difícil, traz a questão de que o custo do deslocamento e hospedagem pode não compensar para o cliente. Assim a solução para este impasse é a contratação de correspondentes jurídicos.

A ideia de ter um advogado autônomo te auxiliando nos demais estados e cidades do país pode parecer um tanto temerária, mas tenha certeza, tudo que é novo assusta um pouco. Se você ainda não está certo de que essa é uma boa opção para o seu escritório, confira a lista de vantagens e decida de uma vez por todas.

1. Redução do tempo gasto em cada tarefa

Como já dito, contratando um correspondente você não precisará se deslocar do escritório até outra Comarca ou outro estado, além de não ter de gastar seu tempo realizando protocolos ou consultando processos em secretarias de fóruns e tribunais, pois para qualquer atividade inerente a advocacia você pode lançar mão da contratação de um correspondente. Essa economia de tempo possibilitará, por exemplo, que você passe a investir em novos meios de captação de clientela, bem como em um novo modo de gestão para seu escritório.

2. Atendimento diferenciado ao cliente

A contratação de um correspondente jurídico traz vantagens para seu escritório e para sua clientela também. Com a certeza de que o serviço está sendo prestado por um profissional qualificado e preparado, o retorno satisfatório daqueles que contratam seus serviços é, sem dúvida, o mais importante e o que mais deve ser levado em consideração na hora de se utilizar de ferramentas que facilitam o mundo jurídico. Na advocacia, a melhor forma de conquistar novos clientes é com a indicação de clientes anteriores, o tão conhecido “boca a boca”. E, para que isso aconteça, seus clientes precisam estar satisfeitos com seu trabalho.

3. Redução de custos

Sem dúvidas o valor investido na contratação de um correspondente será bem inferior ao que seria dispendido com transporte, hospedagem e alimentação. Atente-se também que não existe vínculo trabalhista entre você e o correspondente, a contratação também não gera ônus legais nem a obrigatoriedade de recolhimento de tributos. A verdade é que você paga o valor combinado para a solução da demanda e pronto.

4. Agilidade e expansão de negócios

Contratando um correspondente jurídico se abre e facilita a possibilidade de expandir as áreas de atuação do seu escritório e de fechar contratos com clientes de outros estados e municípios sem ter que arcar para isso com os custos da instalação de filiais. A contratação de um correspondente evita ainda que seu escritório tenha que arcar com gastos de viagens e acomodações, que teriam como único objetivo a realização de uma audiência ou protocolo, por exemplo. A outra vantagem é a agilidade na resolução das demandas, já que você pode contratar o correspondente na exata cidade em que a diligência precisa ser realizada.

Além de todas as vantagens já citadas, é sempre bom lembrar que o correspondente jurídico, ao ser contratado, vai conhecer o seu trabalho e acompanhá-lo. Com o tempo, ele se tornará um profissional de sua confiança e vice-versa, e acaba se tornando mais uma pessoa que poderá indicar os seus serviços.

Já se convenceu do mundo de possibilidades e facilidades que se abrem para seu negócio com a contratação de um correspondente? Então conheça a nossa plataforma e nossos profissionais!

 

*Texto: Marilia Vargas –  OAB/RS 98.472