Conselho Federal lança Censo Nacional da Jovem Advocacia

 

Na última terça-feira (11), durante a sessão plenária realizada em Brasília, foi lançado o Censo Nacional da Jovem Advocacia. Por meio de captação científica de dados, o censo é uma ferramenta que permite ao Conselho Federal apurar as necessidades e dificuldades de jovens advogados, segundo o conselheiro federal Alexandre Mantovani (MS).

“O Censo da Jovem Advocacia foi construído a partir a idealização do Colégio Nacional de Presidentes Jovens e da Comissão Nacional da Advocacia Jovem. Foi desenvolvida pelo setor de TI do Conselho Federal uma plataforma que visa a captação e verificação de dados e levantamentos específicos da jovem advocacia. Entendemos que jovem advocacia é aquela compreendida pelos profissionais com até cinco anos de inscrição nos quadros da OAB”, ressalta Mantovani.

 

 “A jovem advocacia passa a ser ouvida”, ressalta o conselheiro federal Alexandre Mantovani.

 

Os jovens advogados participal por meio de um rápido cadastro integrado ao Cadastro Nacional de Advogados da OAB, garantindo que somente os advogados com até cinco anos de inscrição nos quadros da entidade possam participar.

Para participar do censo, basta acessar o portal do Conselho Federal da OAB, que disponibiliza um acesso para a plataforma que foi  desenvolvida para dinamizar o processo, sendo intuitivo e simples.

 

Foto destaque: OAB/Divulgação