Dicas para as Eleições 2018: o que se pode ou não fazer

Neste final de semana (7) acontece a votação para primeiro turno das Eleições 2018, das 8h às 17h. Com isso, buscamos alguns itens para você ficar situado e bem informado neste primeiro turno.

 

  • Pesquisas eleitorais: a divulgação é permitida em qualquer momento do dia, no dia anterior ao da votação. Entretanto, levantamentos realizados para os cargos de governador, senador, deputado federal ou deputado estadual só podem ser publicados a partir das 17h (horário local) do dia 7 de outubro. Ou seja, após o término da votação.

 

  • Prisão de eleitor: a prisão de eleitores é proibida desde o dia 2 de outubro e a regra vale até 48 horas após o término das eleições, a não se para crimes inafiançáveis, prisão em flagrante ou desrespeito de salvo-conduto.

 

  • Prisão de candidatos, fiscais e mesários: para estas pessoas, as prisões são proibidas 15 dias antes das eleições deste ano. A restrição também possui um prazo de 48 horas.

 

  • Manifestações: aglomerações e manifestações de pessoas caracterizadas (com roupas e acessórios padronizados) ficam proibidas no dia da votação (7 de outubro). Eleitores podem realizar manifestações silenciosas e INDIVIDUAIS sobre suas preferências partidárias. A Justiça Eleitoral permite, exclusivamente, o uso de “bandeiras, broches, dísticos e adesivos” no local de votação.

 

Além disso, pesquise e se informe sobre seus candidatos. Vote consciente!

 

Equipe AdvogaApp