Para corregedor, inspeções buscam melhoria dos serviços prestados à sociedade

 

O corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, abriu oficialmente, na manhã desta segunda-feira (10/6), os trabalhos de inspeção no Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR) afirmando que o procedimento, nada mais é, do que uma radiografia das atividades do Judiciário.

“O procedimento é ordinário e de rotina, uma vez que a busca pela melhoria na prestação dos serviços oferecidos ao cidadão é uma meta que continuamente deve ser perseguida por todos os gestores do Poder Judiciário”, disse Martins.

FOTO: TJRR

O ministro ressaltou ainda que a inspeção é uma forma de agregar valores ao Poder Judiciário brasileiro. “ O Judiciário do Brasil tem resolvido muitos conflitos e restaurado a paz. Tudo se resolve com o diálogo; não precisa criticar, precisamos estudar soluções e encontrar, cada vez mais, o verdadeiro caminho, que é o de aproximação com a sociedade”, afirmou o corregedor nacional.

O presidente do TJRR, desembargador Mozarildo Cavalcanti, destacou que o foco do CNJ é o mesmo do tribunal, que é a busca por uma prestação jurisdicional mais rápida e melhor. “Aprimorar, crescer e mostrar também as coisas boas. A nossa determinação de acertar é grande. Prova disso são os números de produtividade que a cada ano crescem”, destacou.

*Com informações do CNJ.